terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Cogito ergo sum


Penso, logo existo
Penso, logo falo
Penso, logo deliro
Penso, logo controlo o sentir
Penso, logo duvido
Penso, logo estudo
Penso, logo compreendo
E de pensar em pensar
Vou construindo a mim e o mundo.

Ricardo Delgado, 08.12.08

3 comentários:

sueli aduan disse...

Ricardo, que poema delicioso, penso e.... construo.genial. bom vindo de vc, só podia, parabéns pelo blog, uma graça
sueli aduan

anareis disse...

Estou fazendo uma campanha de doações para criar uma minibiblioteca comunitaria na minha comunidade carente aqui no Rio de Janeiro,preciso da ajuda de todos.Doações no Banco do Brasil agencia 3082-1 conta 9.799-3 Que DEUS abençõe todos nos.Meu e-mail asilvareis10@gmail.com

sueli aduan disse...

Ricardo , vamos agitar esse blog, garoto, vc tem muita coisa boa pra compartilhar, sim; aguardo heem.
bjs